Paroles de A sombra da maldade

Cidadão Quem

pochette album A sombra da maldade
Voir sur Itunes

sonnerie téléphone portable pour A sombra da maldade

A sombra da maldade

Eu sei
Que ela nunca mais apareceu
Na minha vida,
Minha mente
Novamente

Eu sei que o que ficou
No desapareceu
A minha vida
Muda
Sempre
Lentamente
Como a lua,
Que d voltas pelo cu
E mexe,
Tanto com o presente
Quanto o ausente
Eu sei, eu sei, eu sei, eu sei
No sou vidente
Mas sei o rumo
Do seu corao

Permita
Que o amor
Invada tua casa,
Corao

Saia, no vaia,
No caia na narvalha
Que corta a tua carne
E sangra tudo o que voc precisa
Descobrir

Les autres musiques de Cidadão Quem