Paroles de Alguém assopra ela

Lucas Santtana

pochette album Alguém assopra ela
Voir sur Itunes

sonnerie téléphone portable pour Alguém assopra ela
Clip vidéo

Escuro, tudo tão escuro
Luzes sem futuro se perdem no bréu
Ela não quis ser a tela do cine prevê

Mudo, o cinema mudo
Milhões de segundos de silêncio e céu
Ela não quis ser estrela, barco, vento e tela

Ondas se transforma em luz
Camisetas que mudam de cor
Disco vai virar memória
E já tem asfalto que absorve co2

Pontes são feitas de aço
Como grãos que se transformam em pão
Onda, barco, vento, vela
Alguém assopra ela

Les autres musiques de Lucas Santtana