Paroles de Cara feia

Gabriel O Pensador

pochette album Cara feia
Voir sur Itunes

sonnerie téléphone portable pour Cara feia
Clip vidéo

Cara feia, pra mim fome
E cara alegre a cara de quem come
Cara feia, pra mim fome
E cara alegre a cara de quem come

, no me distra, no me distra
Me deixa aproveitar a sensao um pouco mais
A sensao de esperana que invadiu o meu peito
No me envergonha com esse velho preconceito

No me atrapalha agora no, por favor
No me apavora com as notcias do terror
O seu terror psicolgico e as previses sinistras
Dos seus mapas astrolgicos

No vo fazer o papai aqui fazer pipi na cama
No sou do tipo que tem medo de sair da lama
Ns no somos covardes

E nunca tarde pra cuidar de quem a gente ama
A gente sabe se amar, a gente sabe se amar
A gente sabe da vida

A gente sabe somar, e quer saborear a soma dividida
A gente sabe se amar, a gente sabe se amar, a gente sabe da vida
A gente sabe sonhar, e desse sonho a gente no duvida

Cara feia, pra mim fome
E cara alegre a cara de quem come
Cara feia, pra mim fome
E cara alegre a cara de quem come

E quem no mata a fome, a fome mata
Quem no mata a fome some
Quem no mata a fome, a fome come
(a fome no s um nome)
E tem tambm a outra fome, fora do abdmen

Cara feia, eu vi na cara de um cara
Que matou um homem, por causa dessa outra fome
Fome de vingana, vingana do destino
E essa cara eu j vi na cara de um menino

E os meninos assassinos vo se renovando
E vo nascendo, vo morrendo e vo matando
Que eles pensam que o crime o nico caminho
Pra chegar em qualquer tipo de comando

Mas se os meninos forem mais malandros
Vo saber que ser trabalhador no ser otrio
Um bom exemplo vem da nossa presidncia
Porque l quem t mandando um operrio

A gente sabe somar, e quer saborear a soma dividida
A gente sabe se amar, a gente sabe se amar, a gente sabe da vida
A gente sabe sonhar, e desse sonho a gente no duvida

Cara feia, pra mim fome
E cara alegre a cara de quem come
Cara feia, pra mim fome
E cara alegre a cara de quem come

No faa cara feia de barriga cheia
No faa cara feia de barriga cheia
No faa cara feia de barriga cheia
Nem meta a colher em cumbuca alheia

Quem deixa um p atrs
Nunca chega na frente
Quem tem medo do futuro
Vira escravo do presente

No me enche com essa fome de derrota
Nem me bota nesse time que defende o pessimismo
Agora eu sei, cansei da linha burra que separa, desune
E empurra todo mundo pro abismo

O caminho mais pro alto
No mar e no serto, na favela e no asfalto
Todo mundo sente fome, fome de futuro
Pra que pichar, se eu posso derrubar o muro?

No com tanque, nem com trator
No com dio, nem com rancor
No com medo, nem com terror
Minha campanha tambm paz e amor

Les autres musiques de Gabriel O Pensador