Paroles de Gaivota

Amalia Rodrigues

pochette album Gaivota
Voir sur Itunes

sonnerie téléphone portable pour Gaivota

Se uma gaivota viesse
Trazer-me o cu de lisboa
No desenho que fizesse,
Nesse cu onde o olhar
Uma asa que no voa,
Esmorece e cai no mar.
Que perfeito corao
No meu peito bateria,
Meu amor na tua mo,
Nessa mo onde cabia
Perfeito o meu corao.
Se um portugus marinheiro,
Dos sete mares andarilho,
Fosse quem sabe o primeiro
A contar-me o que inventasse,
Se um olhar de novo brilho
No meu olhar se enlaasse.
Que perfeito corao
No meu peito bateria,
Meu amor na tua mo,
Nessa mo onde cabia
Perfeito o meu corao.
Se ao dizer adeus vida
As aves todas do cu,
Me dessem na despedida
O teu olhar derradeiro,
Esse olhar que era s teu,
Amor que foste o primeiro.
Que perfeito corao
No meu peito morreria,
Meu amor na tua mo,
Nessa mo onde perfeito
Bateu o meu corao.

Les autres musiques de Amalia Rodrigues