Paroles de Não vale nada

Banda Das Velhas Virgens

pochette album Não vale nada
Voir sur Itunes

sonnerie téléphone portable pour Não vale nada

Musica por: alexandre "cavalo" dias
Hoje eu encontrei
Um velho retrato seu
Por onde andaro os olhos
Que uns dias foram meus
A rua sem voc
Vazia quase nada
Escura suja e triste
Recordao maltratada
Bbado, rouco e louco
Eu dano entre os carros
Na marginal congestionada
Grito blasfemo
Paixo e dio
Mgoa despeito
Uma mulher no vale nada
E os dias passam sedentos
Nessa imensa mesa de bar
Copos vazios
Que brindam sade
A quem no me quer mais
No me quer mais
"toma um fsforo
Acende teu cigarro!
O beijo, amigo,
A vspera do escarro
A mo que te afaga
A mesma que te apedreja
Se algum causa ainda pena a tua chaga
Apedreja essa mo vil que te afaga,
Escarra na boca que te beija!"
Versos ntimos
Augusto dos anjos (1884/1914)
Sent by carlos andr branco

Les autres musiques de Banda Das Velhas Virgens